Pular para o conteúdo
Início » Deep Insanity primeiras impressões

Deep Insanity primeiras impressões

Primeiras impressões de Deep Insanity: THE LOST CHILD, um anime de ficção científica sobre a exploração de ruínas e busca pela cura de uma nova doença. Como de costume vamos às primeiras impressões de Deep Insanity: THE LOST CHILD.

Animação

O cenário do anime em geral, é bem feito. Além disso, também é usado alguns “filtros” para criar uma “atmosfera” mais propícia para o ambiente. 

Enquanto ao design de personagens, em certos momentos eles não combinam muito bem com o cenário e a qualidade dos traços tem certas variações durante o episódio.


Personagens

À primeira vista, o protagonista não parece ser o tipo de cara que você vai ter algum respeito. Ainda mais sendo as primeiras impressões. Então certamente ele já não teve um bom começo.


Animes da temporada de outubro de 2021.

Destaques

A primeira coisa que chama a atenção nesse anime, certamente é sua “semelhança” com “Made in Abyss”. Sem dúvidas quem também já viu o manga ou anime de Made in Abyss, percebeu isso logo de cara.

Enfim, voltando ao anime, depois de todo processo de alistamento, o protagonista é designado para um grupo. Então ao se encontrar com os outros membros ele é recebido com um tiro de confete, e apaga, sinceramente eu esperava que ele fosse desviar do tiro e mostra um lado mais “capaz”.

Outra cena que também chamou a atenção foi a cena de combate. Pois, as preparações para o combate foram bem “lentas”, o que acabou tirando um pouco da emoção do combate. Aliás, quem também viu todo o sistema de batalha de um jogo de celular sendo apresentado nessa cena? Até mesmo o “papel” do jogador já está definido. Depois da batalha também vem uma cena um tanto questionável. Em outras palavras, eles colocaram um monte de pressão antes de entrar no “Asylum”, que era muito perigoso e tal. Mas  depois da luta eles ficam relaxando bem a vontade na tão chamada “zona perigosa”.

Por fim, a última cena que “vale a pena” mencionar, acontece um pouco depois deles “relaxarem”. Isto é, um cara se transforma em um monstro e o grupo do protagonista vai ajudar, até aí tudo bem. Só que depois que eles derrotam o monstro eles simplesmente retornam para a base, tipo, o que eles foram fazer lá embaixo afinal?


Conclusão

Em conclusão, Deep Insanity: THE LOST CHILD, é um anime que traz uma história sem um objetivo claro. Assim o tornando-o em um anime “sem fim”. Ainda mais porque a “cura” que o protagonista procura pode ser qualquer coisa, desde uma “grama” que nasce na parede a “unha do último chefe”, e por ele nem ao menos saber a causa da doença, a sua procura se torna mais “difícil” ainda.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments